05 out

Oi, gente!!! Tô morta de saudades!!!

Hoje vamos compartilhar com vocês o casamento da Joyce + Matheus. Pensa num casal figura e mega querido!!! Ahhh… Foi tudo tãaao lindo e a gente não via a hora de botar as mãozinhas nas fotos oficiais!

Vamos lá?!

Como é de praxe, sempre gosto de acompanhar e vestir a noiva neste dia tão único. E lá fomos nós!!!

Pra Joyce fizemos um vestido offwhite com um quê vintage pra lá de romântico: um mix bem fofo de renda + plissé + pérolas que deu o que falar!

j-arrumando

j-pronta-segurando-saia

As flores do cabelo {que até parecem ser de verdade!} são de organza de seda e a faixa bordada com cristais e pérolas da Preciosa® também foram feitos por nós, no maior capricho!

j-pronta-brinco

j-pronta-buque

Vem ver as fotos que já vai dar pra entender tudinho deste dia tão especial e incrível que tivemos a honra de fazer parte!!!

j-com-pai

j-de-olho-no-noivo

j-beijo-cor

j-cerimonia

j-altar

j-detalhe-costas

j-beijando-alianca

E viva os noivos!!! Vi-vaaaaaa!!!!

j-casal-felicissimo

   {Fotografia: Fabrício Amaral | Beleza: Li Hair | Traje do noivo:  Autêntica | Buquê: Floricultura Ecology | Cerimonial: Isabel Schinaider | Local: Azteca Buffet}

29 ago

Olá, pessoal! Maravilha?

Como prometemos, vamos começar a comentar cada vestido fotografado no nosso editorial boho. Aiiiii…. É tanta coisa linda que é difícil escolher por onde começar…

Mas vamos lá! O escolhido de hoje é essa belezura aqui, ó:

1 - laço

1 - costas

Esse vestido bem boho e, aparentemente simples, foi todo trabalhado com renda guipure champagne, um tom levemente mais escuro que o offwhite, bem vazada e com motivos de folhagens nada óbvio. O forro é beeeem da cor da renda e foi modelado como se fosse uma camisolinha, com decote “V” e alcinhas bem fininhas.

1 - costas detalhe

As mangas sequinhas e a saia levemente franzida foram trabalhadas com a finalização da renda, ou seja, aproveitamos os desenhos do bico da própria renda para dar acabamento nas barras.

1 - detalhe barra

Já o decote foi arrematado delicadamente com uma tirinha de tecido do forro, garantindo firmeza e delicadeza!

1 - detalhe decote frente

1 - barra

Atrás, além do fechamento com zíper invisível, finalizamos com pérolas {da mesma cor da renda}, que completou o ar de romantismo!

1 - chamada

1 - detalhe mangas 2

E o laço da cintura? Aiiii! A gente ama quando a faixa abraça a cintura e cai suavemente, num laçarote molinho, molinho…

1 - laço 2

Agora, gente… Pensa num vestido com um caimento incrível e delicioso!!!

E foi assim que nasceu essa meiguice de vestido: um “nada” que é TUDO!, pra lá de romântico, mega confortável e que topa tudo: casamento diurno ou durante a noite, de preferência no campo!

E tenham todos uma linda e leve semana e até o próximo post!

Bêjo da Rê!

……………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………..

Ficha técnica:

Fotos: Michel Izaltino + Driely Canton

Modelo: Nathália Scahavoni

Beauty: Belezaria Arte & Beleza

Mobília: Charme Decor – Decoração Criativa

Floral: Marli Ribeiro

Making Of: Ricardo Sartori (Kanal Locadora para Eventos)

Assessoria de marketing: Azure Capitals

Assistente de produção: Ana Carla Santana

15 jul

Oi, gente!!! Preparamos um post lindão pra vocês! Olha só…

Pensa numa noiva decidida, tranquila e mega charmosa! Ahhh! Vamos contar tu-do sobre o vestido dela!

Quando a Thaís escolheu o Ateliê Renata Campos para realizar o seu vestido do sim! ela já tinha ideia do que queria! E foi tudo muito tranquilo, desde a definição exata do modelo, a escolha do tipo de renda e, a cada prova, a alegria e satisfação {mútua} só aumentava e se fortalecia! Quanta emoção! Quanto chororô!!!

O resultado foi divino: um vestido clássico com uma pegada boho, todo trabalhado com renda guipure, com decote ombro-a-ombro, mangas 7/8 {tudo finalizado com as flores da renda}. Tinha uma leve cauda e um véu maravilhoso todo trabalhado com as margaridinhas da renda… Clean, puro, um luxo… Nada de brilho! Quem brilhou foi a noiva!

Além da noiva, vestimos a mãe dela e a irmã, que foi madrinha. Mas, depois eu conto tudinho no próximo post!

Hoje é o dia da noiva!

Dá só uma espiada!!!

TH COMIGO

TH BUQUE

TH PAI

TH ALTAR BEIJO

TH ALTAR NOITE

TH RINDO

TH BRINDE

Ficha técnica

{Beleza: Belezaria Art e Beleza | Local: Madero Eventos | Foto: Renato Foto e Vídeo | Assessoria: Fica, vai ter bolo!}

18 mai

Oieee! Estamos de volta com a segunda parte do post sobre os cristais e pérolas que amamos trabalhar!

A Europe Star é a maior distribuidora dos cristais Preciosa do Brasil. Esses cristais são importados da República Checa que é mega tradicional no quesito lapidação. Imaginem!!! É quase uma joia, gente! Dá até gosto, viu?!

O Marcelo {o entrevistado} é o diretor geral da Europe Star daqui de Limeira – SP. Ele manja muuuuito do assunto!

Vem com a gente e conheça uma pitadinha dessa linda história! E saibam que é uma delícia compartilhar nosso dia-a-dia aqui com vocês!

Agora é só dar o —> PLAY!

Acompanhe a Europe Star nas redes sociais!

 

Instagram —> @europestar

Youtube —> Canal Europe Star: https://www.youtube.com/user/universoeuropestar

Fanpage —> https://www.facebook.com/paginaEuropeStar

 

Super bêjo da Rê

29 abr

Diiiiia! Tudo joia, pessoal? E lá vamos nós para mais um post lindão pra vocês!

Como prometemos, vamos continuar aquele papo sobre os tipos de rendas, seja para o vestido do sim! ou para aquele vestido divo que você quer para arrasar por aí!

Atualmente a RENDA BORDADA com miçangas, canutilhos, vidrilhos e até mini-paetês está muito em alta e fazem sucesso não só entre as noivas, mas também entre as madrinhas, mães e até convidadas. Esse tipo de renda também é chamado de TULE BORDADO, pois a base dela sempre é de tule e podem ou não levar pedrarias.

Geralmente são importadas da China e, como são bordadas em bastidor e em uma metragem grande, o custo acaba sendo mais barato do que o serviço de uma bordadeira {dá pra imaginar, né gente?}. E tem mais: para nós que estamos na confecção, uma renda bordada dificulta o processo: muitas vezes é preciso desbordar e até mesmo costurar à mão porque a máquina de costura não consegue costurar e isso acaba encarecendo a peça.

É uma ilusão pensar que comprando a renda bordada tudo está mais fácil {e barato, é claro!}…

O preço do metro pode variar de R$ 250 a R$ 650,00.

a tule 5

A TULE 4

A BORDADA FLOR

A TULE 6

A TULE 3

A TULE 2

E a RENDA 3D, já ouviram falar? Vou explicar tim-tim por tim-tim! Quem lançou esse tipo de renda foi a marca italiana Valentino, em 2013. Ela também é composta numa base de tule e os motivos {geralmente florais} são aplicados, dando uma sensação de volume parecendo muitas vezes flores de verdade! Fica com um ar bem handmade, sabe? A gente ama essa mood!!!

Olha só essa italiana que foi bordada aqui no ateliê para uma noiva que quis fugir do óbvio {e isso inclui o branco também! rs…}

O valor do metro varia de 450,00 a R$ 1.000,00, mas suuuuper vale a pena, pois o resultado fica in-crí-vel!

Olha só! Isso é a minha cara!!!

A BORDADA NOIVA

A BORDADA 3D

Essas já são todas Valentino! É de cair o queixo, minha gente!!! Prestenção!!!

A 3D 1

A 3D 3

A 3D 4

E vamos ficando por aqui com a RENDA RENASCENÇA. Essa é uma das belezas mais tradicionais e que melhor representam o artesanato brasileiro. Surgiu na Itália no século XVI e foi trazida pra cá pelos portugueses que disseminaram-na principalmente na região nordeste. Feita exclusivamente à mão, tem traços marcantes com pontos delicados e entrelaçados perfeitos. A produção artesanal utiliza linha {essa comum de costura que a gente conhece} e agulha. Primeiro é feito um desenho à mão no papel manteiga, que servirá de molde e guia para a bordadeira. O processo é demorado, mas o resultado é de uma delicadeza que vale a pena cada ponto dado, cada dia de espera. No Brasil a estilista baiana Martha Medeiros é a principal representante!

Agora, imagine o preço dessa formosura? Não sei dizer o valor do metro, mas sei que um vestidinho belezinha da Martha chega a custar R$ 50.000,00!!! Ulalá!!!! Essa é pra poucas, minha gente…

2

4

alagoas2

renascenca1

Fotos {Ateliê Renata Campos®  + GJ Tecidos + Google + site da Martha Medeiros}

Espero que tenham curtido! Logo eu volto!!!!

Um bêjo da Rê!

20 abr

Olá, pessoal! Esse post será bem útil não só para as noivas, mas para todas as festeiras de plantão! E como ela veio mesmo pra ficar, independente da estação do ano, do estilo de roupa e da faixa etária {há uns anos atrás as moçoilas não curtiam muito renda}, faremos um apanhado de alguns tipos de renda, suas características, aplicações e até o valor do metro. Bora lá?

Vamos começar pela GUIPURE, lê-se guipir – mas a maioria fala “gRipir” –  {nãaaao pessoal!!!}: podemos considerar esse tipo como a queridinha das noivas por ser bem tradicional e mega elegante. Tem um caimento mais pesado, às vezes com um ar mais rústico, e fica muito bem para vestidos estruturados, tanto longo como curto.

As ourelas {as bordas} geralmente são com desenhos, os chamados “bicos”, que permitem recortes para fazer aplicações no vestido, no acabamento da saia, no decote e véu da noiva. Um boa renda guipure vai custar em média 150,00 o metro.

g (161)

g (85)

a guipure turquesa

IMG_2199A SOUTACHE é formada por bordados com o fio soutache e por isso é uma renda estruturada, mais sequinha, tendo pouco caimento. Fica ótima se for usada sobre um tecido encorpado, como o cetim bucol e o zibeline, ou como fizemos no vestido da Nathália, aplicada diretamente sobre a pele. Assim, a chance de ver todos os detalhes dessa belíssima renda é maior!

Assim como a guipure, mas com algumas restrições {dependendo do desenho} funciona bem recortá-la para aplicações. Pasmem: varia entre R$ 100,00 e 500,00 o metro!

A SOUTACHE

A SOUTACHE MADRINHA

a soutache verde

A SOUTACHE

A renda CHANTILLY foi chamada assim por ter sido desenvolvida na região de Chantilly, na França. E sendo assim, adivinha? É a renda mais cara, chegando a R$ 1.1,00 o metro! Tem caimento leve e delicado e agrada muito as noivas mais românticas. Excelente para modelos fluidos, que pedem bastante movimento.

Por ser bem fininha, fica muito bem quando a sua transparência é explorada em locais estratégicos, como as costas. Que amor…

A FRANCESA 2

A FRANCESA COSTAS

A FRANCESA BICO

A FRANCESA

Já a RICHELIEU é uma renda não muito comum e antigamente era feita por bordadeiras, assim ó: o desenho da renda era traçado primeiramente num papel manteiga. Depois, transferia-se esse desenho para o tecido, que era bordado à máquina. As bordadeiras finalizavam manualmente, cortando o restante do tecido com uma tesoura beeem fininha e delicada, contornando o desenho feito pela máquina, para deixá-lo vazado.

Atualmente essa renda {como todas as outras, com exceção do bilro} são feitas industrialmente. Fica bem encorpada e dá um efeito bem bacana se for usada para fazer aplicações, assim como a guipure. Aliás, ambas são bem parecidas!

O valor do metro pode variar de R$ 170,00 atééééé R$ 700,00.

A RICHELIEU BRANCA

A RICHELIEU

Por hoje é só {tudo isso! rsrsrs…} e semana que vem a gente termina esse papo com vocês!

{Referência das fotos: Ateliê Renata Campos® + GJ Tecidos + Riatla Studio + Bianca Morales}

Posts Antigos12